Dá cá Sangria, Letra, Musica, Nelia, Nelson Moreira, Sangria, Musica da Sangría, Letras, musica, Português, Fusiforme, Nuno Albatroz, Xico, Ei Garçon
Dá cá Sangria, Letra, Musica, 2013, Nelia, Nelson Moreira
2017-02-21
Fui colher uma romã, Musica Tradicional Alentejana, Letras, Alentejo, Tradicional, Alentejo, Musica alentejanas, Alentejanas, Musica, Popular, Alentejana
Fui colher uma romã, Musica Tradicional Alentejana, Letras, Alentejo
2017-02-23

ROUXINOL REPENICA O CANTE – MUSICA TRADICIONAL ALENTEJANA
ARRANJOS : MANUEL ALEIXO
RECOLHA – CANCIONEIRO DO ALENTEJO

Rouxinol repenica o cante

Musica Tradicional

Alentejo

Rouxinol repenica o cante
ao passar da passadeira.
Nunca mais tornas a Beja, oh ai,
sem passares à Vidigueira,

sem passares à Vidigueira,
sem ires beber ao falcante
e ao passar da passadeira, oh ai,
rouxinol repenica o cante.

Eu gosto muito de ouvir
cantar a quem aprendeu.
Se houvera quem me ensinara, oh ai,
quem aprendia era eu.

Rouxinol repenica o cante
ao passar da passadeira.
Nunca mais tornas a Beja, oh ai,
sem passares à Vidigueira.

Sem passares à Vidigueira,
sem ires beber ao falcante
e ao passar da passadeira, oh ai,
rouxinol repenica o cante.

Letra e música: Popular
Adaptação: Vitorino

Do álbum “Ao Vivo: A Preto e Branco” (2007).
Tradicional do Alentejo.
A terceira versão de Vitorino (Teatro da Trindade, Maio de 2007).

Rouxinol Repenica o Cante · Almaplana 2008

tags: Rouxinol Repenica o Cante, Musica Tradicional Alentejana, Musicas do Alentejo, Vitorino, Almaplana, Alentejo, Letras, Musica, Portuguesas, Alentejanos, Tradicional, Canções, Musicas Populares, populares, Rouxinol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.